Imóveis: Santos é 6° maior mercado

Volume de lançamentos na Cidade, incluindo Praia Grande, São Vicente e Guarujá, supera o de quase todas as capitais.

O mercado imobiliário de Santos, que inclui Praia Grande, São Vicente e Guarujá, já é o sexto maior do País, desbancando capitais bem maiores como Porto Alegre e Curitiba. Segundo anuário da consultoria imobiliária Lopes, Santos mais as três cidades daregião registraram R$ 2,7 bilhões em Valor Geral de Venda (VGV) no ano passado.

O VGV é a soma dos preços anunciados pelas construtoras nos lançamentos que chegaram ao mercado em 2013.

Na verdade, a cidade de Santos lançou quase R$ 1,9 bilhão no ano passado. O Anuário do mercado Imobiliário Brasileiro – 2013, da Lopes, inclui no grupo de Santos os dados de Praia Grande, Guarujá e São Vicente, chegando aos R$ 2,7 bilhões.

¨Santos concentra os dados do Litoral. Praia Grande vem crescendo muito, mas o mercado é menor em Guarujá e São Vicente¨, afirma o sócio-diretor da Lopes, Paulo Pinheiro.Santos

A Região Metropolitana de São Paulo lidera com R$ 33,3 bilhões, seguida por Rio de Janeiro com R$ 12,9. Em terceiro está o Interior paulista (sem Campinas) com R$ 6,8 bilhões, Fortaleza com R$ 3,4 bilhões e Belo Horizonte com R$ 2,8 bilhões.

A presença do grupo de Santos quase no topo do ranking impressiona porque ele ultrapassa regiões metropolitanas bem maiores, como Porto Alegre (4 milhões de habitantes), Campinas (3,7 milhões) e Curitiba (3,2 milhões). Santos, São Vicente, Guarujá e praia Grande somam 1,3 milhão.

Mais torres

Santos além de brilhar no ranking do VGV, surpreende também quando o anuário compara por cidades a quantidade de empreendimentos no ano passado. O grupo de Santos aparece com 59 projetos. Como alguns deles têm mais de um prédio, o total de torres é de 67, que provavelmente começam a ser construídas neste ano.

Na liderança por empreendimentos está São Paulo, com 497 – serão mais 741 que a Grande São Paulo começa a ganhar neste ano. Rio está em segundo com 206 (433 prédios), Interior paulista (sem Campinas) com 201, belo Horizonte/Betim com 123, Recife com 61 e Santos e Porto Alegre, empatadas em sexto, com 59. Porto Alegre terá 73 prédios. Santos também deixa para trás metrópoles como Curitiba, Goiânia, Salvador e até Brasília.

A Tribuna

Deixe um comentário